A coalition of global corporations, including Unilever, Ikea and shipping giant DHL, launched a global campaign today to accelerate the shift to electric vehicles and away from gas- and diesel-powered transportation—which generates almost a quarter of energy-related greenhouse gas emissions worldwide and has been the fastest growing emissions source.

Since more than half of the cars on the road belong to companies, the new EV100 coalition could have a major impact. It aims to do for EVs and electric car charging infrastructure what coalitions such as the RE100 are already doing to encourage corporate purchasing of clean energy (and thus motivating development of new solar and wind power).

EV100's goal is to send a signal to automakers that there is mass demand for electric vehicles before 2030, when current forecasts suggest global uptake will start to really ramp up.

"We want to make electric transport the normal," said Helen Clarkson, CEO for The Climate Group, the international nonprofit spearheading the effort.

Government pressure is already adding to that signal in Europe and Asia: France and the UK have given automakers a 2040 deadline to end the sale of new gas-powered cars; China recently indicated it would set its own deadline; India has suggested it is moving toward 100 percent electric vehicles; and Chancellor Angela Merkel hinted last month that Germany may follow suit. Automakers have been responding by expanding their EV fleets, as showcased at last week's Frankfurt Motor Show.

Leia a Matéria Completa Aqui.

Nos próxmos dias, o consumidor europeu terá a oportunidade de apreciar, no salão do automóvel de Frankfurt, que abre ao público amanhã, uma vitrine de inovação tecnológica automotiva e exemplos de um dos maiores saltos vistos nesse setor desde que Henry Ford inventou a linha de montagem. A reinvenção do carro em si, da energia que o move e a mudança no seu uso revolucionam essa indústria.

Leia a Matéria Completa aqui.

foto carro bike Integra

Projeto de mobilidade compartilhada ‘Integra UFRJ’ já é um sucesso na UFRJ

19/09/2017



O projeto de mobilidade compartilhada do Fundo Verde UFRJ foi inaugurado no dia 12 de setembro com 8 estações e 60 bicicletas para compartilhamento. Trata-se de um projeto piloto financiado com recursos do Fundo Verde e com duração de 3 anos.


Os indicadores já demonstram que o projeto já é um sucesso. "Alcançamos a marca de 10 viagens por bicicleta/ por dia, segundo dados da empresa que gerencia as viagens. Esse número é bastante representativo. No caso do Brasil, um número considerado bom é de 4 viagens por bicicleta/ por dia", disse a gerente do Escritório de Projetos do Fundo Verde, Andréa Santos.

De acordo com a Coordenadora Executiva do Fundo Verde, Prof.ª Suzana Kahn, o projeto tem sido muito elogiado pelos alunos da UFRJ. “Temos recebido muitos elogios, em especial dos alunos, inclusive vários pedidos para ampliarmos o número de bikes. Ficamos muito felizes em contribuir para uma mobilidade mais sustentável no campus”.

Lembrando que o Projeto Integra UFRJ ainda contará com 2 carros elétricos até o final do ano para apoiar a mobilidade na Cidade Universitária.

Saiba mais em: http://www.integraufrj.com.br/

 

Fonte: ASCOM Fundo Verde UFRJ