Promovido pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento, o vencedor vai a New York conhecer de perto as melhores práticas internacionais em transportes e mobilidade urbana

2 premio jornalismoTornar o transporte mais eficiente, sustentável e acessível caminha de mãos dadas com a melhoria da qualidade de vida e a redução da desigualdade. Para ampliar e qualificar o debate em torno do tema, o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil) promove este ano o 2º Prêmio de Jornalismo Mobilidade Urbana Sustentável.

"Em todo o mundo, as pessoas não querem mais ficar sentadas em seus carros em engarrafamentos intermináveis, nem se sentir ameaçadas ao sair de bicicleta. Elas querem estar em cidades com uma circulação acessível a todos, em um ambiente saudável e cheio de vida", justifica Clarisse Linke, diretora do ITDP Brasil. "Cidades que enfrentarem seus desafios em mobilidade urbana vão dar um salto e o papel da mídia e do jornalista é decisivo para inspirar essa transformação", complementa Clarisse.

Até o dia 22 de agosto jornalistas poderão inscrever suas matérias e artigos relacionados ao tema, publicados em veículos de grande circulação entre janeiro de 2013 a julho de 2014. Um comitê de especialistas selecionará três finalistas (um vencedor e duas menções honrosas), com base em critérios como qualidade das informações, grau de inovação e relevância para a sociedade.

Assim como no ano passado, o vencedor ganhará uma visita técnica à New York em novembro deste ano para conhecer boas práticas de promoção de transportes de baixo carbono, desincentivo ao uso do automóvel, desenvolvimento urbano sustentável e políticas públicas.

2 premio jornalismo finalistas 2013 finalistas 2013 v2

Júlio Lamas (Brasil), Ivan Ramirez (México) e Pablo Tomino (Argentina), vencedores da primeira edição do prêmio (em 2013), durante visita técnica a New York

"New York mostra que é possível criar uma cidade competitiva ao investir em transportes mais sustentáveis, espaços públicos de qualidade e áreas verdes”, conta o jornalista Julio Lamas, vencedor da primeira edição do prêmio em 2013 com a matéria 'Como desatar este nó', publicada pela revista National Geographic, que concorreu com mais de 50 matérias de 17 veículos diferentes. Para Júlio, o prêmio é importante para atrair mais investimento e interesse pelo assunto nas redações. Atualmente, Julio assina a coluna Urbanidades, no site Planeta Sustentável.

O prêmio ocorre simultaneamente nos escritórios regionais do ITDP México e Argentina. Para se inscrever, baixe o regulamento do prêmio e os termos de autorização do jornalista e editor.

O 2º Prêmio de Jornalismo Mobilidade Urbana conta com o patrocínio do Banco Itaú e apoio da Transporte Ativo e ANDI - Comunicação e Direitos.

 

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Thais Lima

Coordenadora de Comunicação  |  ITDP Brasil

(21) 3153.1764 | (21) 97634.9580

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Sobre o ITDP Brasil

O Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP, sigla em inglês para Institute for Transportation and Development Policy) é uma organização social sem fins lucrativos que promove o transporte sustentável e equitativo, concentrando esforços para reduzir as emissões de carbono, a poluição atmosférica, os acidentes de trânsito e a pobreza. No país desde 2002, o ITDP foi fundado em 1985 na cidade de New York e atualmente possui escritórios na Argentina, Brasil, China, Índia, Indonésia, México e EUA.

Saiba mais sobre o ITDP em www.itdpbrasil.org.br e www.itdp.org

 

Sobre o Itaú Unibanco

O Itaú Unibanco é hoje o maior banco privado da América Latina, com atuação em 20 países, nas Américas, Europa, Ásia e Oriente Médio. Atua oferecendo produtos e serviços financeiros a pessoas físicas e jurídicas com uma base de cerca de 40 milhões de clientes. O incentivo à evolução da mobilidade urbana é uma das causas do banco, que atua neste sentido ancorado nos pilares de conscientização, compartilhamento e infraestrutura.

Nesse contexto, o Itaú tem o comprometimento de fomentar o amadurecimento da cultura de integração das bicicletas ao modelo de transporte das cidades de forma conjunta do poder público com a iniciativa privada e com a sociedade. Hoje o banco possui programas de compartilhamento de bikes no Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Porto Alegre, Salvador, Brasília e Belo Horizonte.

Saiba mais sobre o Itaú em www.itau.com.br

 

Sobre a Transporte Ativo

Fundada em 2003, a Transporte Ativo (TA) é um organização da sociedade civil que promove o uso de meios de transporte à propulsão humana no ambiente urbano. É vencedora de diversos prêmios de promoção ao uso de bicicletas, como o internacional Cycling Visionary Awards em 2013. A Transporte Ativo fica no Rio de Janeiro e possui atuação nacional.

Saiba mais sobre a Transporte Ativo em www.ta.org.br

 

Sobre a ANDI - Comunicação e Direitos

Criada formalmente em 1993, mas atuando de maneira voluntária desde 1990, a ANDI - Agência de Notícias dos Direitos da Infância é, desde 2011, ANDI - Comunicação e Direitos. A organização da sociedade civil, sem fins de lucro e apartidária, articula ações inovadoras em mídia para o desenvolvimento. Suas estratégias estão fundamentadas na promoção e no fortalecimento de um diálogo profissional e ético entre as redações, as faculdades de comunicação e de outros campos do conhecimento, os poderes públicos e as entidades relacionadas à agenda do desenvolvimento sustentável e dos direitos humanos.

Saiba mais sobre a ANDI - Comunicação e Direitos emwww.andi.org.br

 

Promovido pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento, o vencedor vai a New York conhecer de perto as melhores práticas internacionais em transportes e mobilidade urbana

2 premio jornalismoTornar o transporte mais eficiente, sustentável e acessível caminha de mãos dadas com a melhoria da qualidade de vida e a redução da desigualdade. Para ampliar e qualificar o debate em torno do tema, o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil) promove este ano o 2º Prêmio de Jornalismo Mobilidade Urbana Sustentável.

"Em todo o mundo, as pessoas não querem mais ficar sentadas em seus carros em engarrafamentos intermináveis, nem se sentir ameaçadas ao sair de bicicleta. Elas querem estar em cidades com uma circulação acessível a todos, em um ambiente saudável e cheio de vida", justifica Clarisse Linke, diretora do ITDP Brasil. "Cidades que enfrentarem seus desafios em mobilidade urbana vão dar um salto e o papel da mídia e do jornalista é decisivo para inspirar essa transformação", complementa Clarisse.

Até o dia 22 de agosto jornalistas poderão inscrever suas matérias e artigos relacionados ao tema, publicados em veículos de grande circulação entre janeiro de 2013 a julho de 2014. Um comitê de especialistas selecionará três finalistas (um vencedor e duas menções honrosas), com base em critérios como qualidade das informações, grau de inovação e relevância para a sociedade.

Assim como no ano passado, o vencedor ganhará uma visita técnica à New York em novembro deste ano para conhecer boas práticas de promoção de transportes de baixo carbono, desincentivo ao uso do automóvel, desenvolvimento urbano sustentável e políticas públicas.

2 premio jornalismo finalistas 2013 finalistas 2013 v2

Júlio Lamas (Brasil), Ivan Ramirez (México) e Pablo Tomino (Argentina), vencedores da primeira edição do prêmio (em 2013), durante visita técnica a New York

"New York mostra que é possível criar uma cidade competitiva ao investir em transportes mais sustentáveis, espaços públicos de qualidade e áreas verdes”, conta o jornalista Julio Lamas, vencedor da primeira edição do prêmio em 2013 com a matéria 'Como desatar este nó', publicada pela revista National Geographic, que concorreu com mais de 50 matérias de 17 veículos diferentes. Para Júlio, o prêmio é importante para atrair mais investimento e interesse pelo assunto nas redações. Atualmente, Julio assina a coluna Urbanidades, no site Planeta Sustentável.

O prêmio ocorre simultaneamente nos escritórios regionais do ITDP México e Argentina. Para se inscrever, baixe o regulamento do prêmio e os termos de autorização do jornalista e editor.

O 2º Prêmio de Jornalismo Mobilidade Urbana conta com o patrocínio do Banco Itaú e apoio da Transporte Ativo e ANDI - Comunicação e Direitos.

 

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Thais Lima

Coordenadora de Comunicação  |  ITDP Brasil

(21) 3153.1764 | (21) 97634.9580

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Sobre o ITDP Brasil

O Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP, sigla em inglês para Institute for Transportation and Development Policy) é uma organização social sem fins lucrativos que promove o transporte sustentável e equitativo, concentrando esforços para reduzir as emissões de carbono, a poluição atmosférica, os acidentes de trânsito e a pobreza. No país desde 2002, o ITDP foi fundado em 1985 na cidade de New York e atualmente possui escritórios na Argentina, Brasil, China, Índia, Indonésia, México e EUA.

Saiba mais sobre o ITDP em www.itdpbrasil.org.br e www.itdp.org

 

Sobre o Itaú Unibanco

O Itaú Unibanco é hoje o maior banco privado da América Latina, com atuação em 20 países, nas Américas, Europa, Ásia e Oriente Médio. Atua oferecendo produtos e serviços financeiros a pessoas físicas e jurídicas com uma base de cerca de 40 milhões de clientes. O incentivo à evolução da mobilidade urbana é uma das causas do banco, que atua neste sentido ancorado nos pilares de conscientização, compartilhamento e infraestrutura.

Nesse contexto, o Itaú tem o comprometimento de fomentar o amadurecimento da cultura de integração das bicicletas ao modelo de transporte das cidades de forma conjunta do poder público com a iniciativa privada e com a sociedade. Hoje o banco possui programas de compartilhamento de bikes no Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Porto Alegre, Salvador, Brasília e Belo Horizonte.

Saiba mais sobre o Itaú em www.itau.com.br

 

Sobre a Transporte Ativo

Fundada em 2003, a Transporte Ativo (TA) é um organização da sociedade civil que promove o uso de meios de transporte à propulsão humana no ambiente urbano. É vencedora de diversos prêmios de promoção ao uso de bicicletas, como o internacional Cycling Visionary Awards em 2013. A Transporte Ativo fica no Rio de Janeiro e possui atuação nacional.

Saiba mais sobre a Transporte Ativo em www.ta.org.br

 

Sobre a ANDI - Comunicação e Direitos

Criada formalmente em 1993, mas atuando de maneira voluntária desde 1990, a ANDI - Agência de Notícias dos Direitos da Infância é, desde 2011, ANDI - Comunicação e Direitos. A organização da sociedade civil, sem fins de lucro e apartidária, articula ações inovadoras em mídia para o desenvolvimento. Suas estratégias estão fundamentadas na promoção e no fortalecimento de um diálogo profissional e ético entre as redações, as faculdades de comunicação e de outros campos do conhecimento, os poderes públicos e as entidades relacionadas à agenda do desenvolvimento sustentável e dos direitos humanos.

Saiba mais sobre a ANDI - Comunicação e Direitos emwww.andi.org.br