A partir desta segunda-feira (26), entra em operação o Fundo Brasil-China de Cooperação para Expansão da Capacidade Produtiva no país. Os projetos serão recebidos por meio de Cartas-Consultas, que estão disponíveis para preenchimento em meio digital no site do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP).

Para o secretário de Assuntos Internacionais do MP e secretário-executivo do fundo, Jorge Arbache, a iniciativa é uma ação única e inovadora, que representa uma conquista importante para os dois países. “Além de ser um mecanismo adicional para o financiamento de projetos no Brasil, o fundo criará a oportunidade para uma interação sem precedentes entre as autoridades de ambos os países”, enfatiza Arbache.

 

Leia mais aqui!